Areias virgens, essa é a definição para a etapa mais aguardada da prova de quadriciclo na 27ª edição do Cerapió. E é no areial virgem da etapa de Barreirinhas, nos lençóis maranhenses, que deve se desenrolar o momento mais emocionante da prova. “É um terreno diferente destes que a gente está acostumado. As areias do Ceará por exemplo já são conhecidas é uma areia dura, mas lá é diferente, pode chover, nós podemos atolar então é imprevisível e nessa etapa os pilotos  terão que ter muito preparo técnico e físico”, afirma Hélio Pessoa, que compete pela segunda vez no Cerapió.  

Comunga da mesma o piloto Artur Carvalho, campeão maranhense 2013. Todos são unânimes em afirmar que este ano o nível técnico da prova está maior que em 2013 e que as etapas de serra e areia são as mais aguardadas.  “São vários terrenos, tem serra, piçarra e areia isso é o que torna o rally mais emocionante”, afirmou Artur. O piloto se preparou o ano inteiro para o Cerapió pensando no campeonato brasileiro.  As duas primeiras etapas da prova valem pelo Campeonato Brasileiro.  

Notícias mais recentes

22/01/2019
Trilhas rápidas, descidas e subidas travadas são destaques no primeiro dia das Motos no Rally Piocerá 2019
22/01/2019
Carros, Quadriciclos e UTvs enfrentam prova longa e técnica na abertura do Rally Piocerá 2019
22/01/2019
Pouca altimetria e tranquilidade marcam a primeira etapa das Bikes
21/01/2019
Disputas do Rally Piocerá 2019 começam nesta terça-feira (22/1)
20/01/2019
Programação desta segunda-feira (21/1) do Rally Piocerá 2019