Começou hoje (08/10) o levantamento do percurso das motos do Rally Cerapió, que terá aproximadamente 1.200 km a serem trilhados em quatro dias oficiais de disputas, de 28 de janeiro a 1º de fevereiro. A equipe é comandada pelo diretor geral do Cerapió 2014, Ehrlich Cordão, e pelo diretor da prova, Edimilson Campos. A prova de motos valerá como abertura das etapas iniciais do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM. A prova de quadriciclos também será valida como abertura do Brasileiro da modalidade, que é realizado também pela CBM.

A equipe encontra-se no estado do Ceará, onde a aventura começa nos dias 26 e 27 de janeiro, com vistorias, briefings e a largada promocional. O levantamento do percurso englobará todas as etapas e terminará em seis dias, na cidade de Barreirinhas, no Maranhão, onde pela primeira vez será encerrado o rali com direito a dia livre.

A grande novidade e uma excelente notícia para todos os competidores é que para 2014 a organização está se desdobrando e trabalhando forte para encontrar percursos paralelos para, de um lado, os competidores de carros e quadriciclos, e de outro para os inscritos nas motos, de forma que as provas larguem juntas e cheguem juntas nas cidades de pernoite. Até este ano, as motos largavam primeiro e depois de meia hora da largada da última moto começavam a alinhas os carros para largarem.

“Nossa compreensão é que o rali fica mais interativo com todas as modalidades largando e chegando juntas, com a vantagem das disputas terminarem mais cedo, evitando tanto o desgaste para competidores, quanto de nossas equipes. Para o primeiro dia de prova, com quase 400 quilômetros, estamos preparando todas as estratégias para as largadas serem quase que juntas, em trilhas diferentes, obviamente, de modo que todas as modalidades possam chegar juntas em Jijoca, nosso pernoite”, explicou Cordão. Ele explica que para o primeiro dia de prova, os carros, UTV e quadriciclos terão como estrada mestre de apoio a CE 085 – Estruturante e as motos seguirão sentido a BR 222. 

                O Rally Cerapió valerá como etapas iniciais do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade, evento realizado pela Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM. Serão duas etapas valendo pelo nacional para motos. A prova de quadriciclos também vale como abertura do campeonato brasileiro da modalidade pela CBM. Os carros 4x4 abrem o Campeonato Brasileiro Cross Country de Regularidade da Confederação Brasileira de Automobilismo – CBA.

O diretor nacional de Enduro da CBM, Alfredo Miranda, disse que a mudanças dos horários de largada, reunindo todas as modalidades, é muito bem recebida pela entidade e pelos competidores porque a grande queixa é que a o percurso fica mais fácil quando se coloca um roteiro parecido para carros e motos, em alguns pontos do percurso. “Nós acreditamos que estar em trilhas separadas vai oferecer maior dificuldade e um pouco mais de desafios e dinamismo. É uma logística que acho que vai melhorar e muito por essa questão de não ter um tempo grande de espera na chegada, especialmente para a categoria moto rally”, assentiu Miranda, que também é presidente da Federação de Motociclismo do Ceará, entidade que também supervisiona o rali. As inscrições, regulamentos e outras informações estão disponíveis no site www.cerapio.com.br.

 

 

Márcia Cristina
aldeiapi@uol.com.br 

Notícias mais recentes

02/11/2018
Cearense de Rally Team vem com 13 veículos para o Rally Piocerá 2019
26/10/2018
Prova de bikes do Rally Piocerá desafia atletas de diversas categorias
23/10/2018
Participantes de 21 estados mais o Distrito Federal já estão confirmados no Rally Piocerá 2019
10/10/2018
Começa o levantamento dos trechos do Rally Piocerá 2019
04/10/2018
Rally Piocerá tem novidades para edição de 2019