Teresina (PI) – Nem só de aventuras e desafios é marcada a programação do Piocerá. Durante o percurso do rali, 10 mil livros vão ser distribuídos através do projeto Rallyteca, realizado pelo Instituto Cultural Saber e Ler. Na segunda-feira (23), o Centro de Apoio à Criança e Adolescente (Caca), situado na periferia de Teresina, recebeu, pela primeira vez, livros novos para a biblioteca comunitária.


Galeria de fotos do Piocerá


A ação acontece pelo terceiro ano consecutivo e visa despertar o hábito da leitura em comunidades carentes, instituições filantrópicas, escolas e unidades prisionais localizadas ao longo da trilha. Dezenas de voluntários, entre ex-competidores e autores, estão envolvidos no projeto, que acontece paralelo ao Piocerá, que em 2017 completa 30 anos. “Esse ano faremos uma distribuição lúdica em que alguns personagens das próprias histórias irão interagir com os mais diversos públicos”, destacou a coordenadora da Rallyteca, Adriana Araújo.


A instituição contemplada com iniciativa recebeu pela primeira vez livros novos. Situada no bairro Satélite, Zona Leste de Teresina, o Caca atende 200 crianças e adolescentes, além das famílias. A educação e a geração de capacitação através de cursos profissionalizantes são os principais eixos de trabalho da instituição, que é mantida pela ONG Moradia e Cidadania, financiada pelos funcionários da Caixa Econômica Federal.


“Queremos salvar nossas crianças e adolescentes da violência e da criminalidade que enfrenta o nosso bairro. Estamos desde 1995 lutando e acreditamos que a educação torne os nosso beneficiados pessoas mais humanas”, disse a diretora do Centro, Lourdes Oliveira.


A escritora Magda Krauss, presidente do Instituto Cultural Saber e Ler, idealizador da Rallyteca, participou da entrega dos livros às crianças e que também serão doados ao acervo da biblioteca da instituição.


“Esta é uma ação que dialoga com a nossa missão. Fazer isso agora é minha prioridade. É preciso valorizar o livro e acho que as crianças precisam resgatar as brincadeiras e colocar o livro como um brinquedo”, explicou.


Em Teresina, o  projeto Rallytece fará distribuições na Casa de Acolhimento Reencontro, situada no bairro Morada do Sol, e no Lar Abrigo Maria João de Deus, na Vila Operária. As ações vão acontecer também nas cidades piauienses de de Altos, Capitação de Campos, Piripiri, São João da Fronteira; e no Ceará em em Viçosa, Massapê, Forquilha, Sobral e Caucaia.


Sobre o Piocerá 

O Piocerá é uma das provas mais conceituadas de rali de regularidades da América Latina. A prova terá largada promocional nesta terça-feira (24), em Teresina. A chegada acontece em Caucaia (CE), no dia 28 de janeiro. Mais de 500 competidores vão participar da edição histórica de 30 anos da prova.


Em toda essa jornada, o Piocerá já percorreu mais de 90 mil quilômetros e injetou mais de R$ 89 milhões na economia dos estados do Piauí e Ceará. O rali também busca incentivar o turismo da região, passando por pontos atrativos e até então desconhecidos.


O Piocerá conta com patrocínio da Caixa, Governo do Piauí, Governo do Ceará; apoio da Michelin, Audax, IMS Race, Honda e Prefeitura de Teresina. O Sebrae é colaborador.

Notícias mais recentes

09/12/2017
Quarta etapa promete ser uma das mais técnicas do Cerapió 2018
07/12/2017
Trecho inédito no Cerapió será destaque no terceiro dia de prova
06/12/2017
Segunda etapa do Cerapió 2018 deve ser extensa, prevê equipe técnica
05/12/2017
Conferência de prova segue ao litoral do Piauí nesta quarta-feira (06)
27/11/2017
Parceria: Lucas Barroso e Breno Rezende buscam tricampeonato nos UTVs