Teresina (PI) – Quando se fala em André Azevedo, logo vem à cabeça o grande piloto dos caminhões, tricampeão do Rally dos Sertões e dono da melhor participação brasileira - vice-campeão em 2003, quando a prova era disputada na África - nos veículos pesados do Rally Dakar, o mais perigoso do planeta. Desde o ano passado, ele caiu na tentação e voltou às origens sobre duas rodas. Pelo segundo ano consecutivo e em busca de aventura, o competidor de São José dos Campos (SP) disputa o tradicional Rally Piocerá na categoria Over 55 das motos. A prova de Enduro de Regularidade será de 25 a 30 de janeiro, com largada em Teresina (PI) e chegada em Beberibe (CE), após mais de 1.000 quilômetros percorridos.

 

“Decidi volta ao que posso chamar de minha escola, que foi o Enduro de Regularidade. Fiz isso para voltar a sentir aquela adrenalina, e também porque a motocicleta é a minha grande paixão. Estou em busca de uma grande aventura, que é andar de moto por lugares desconhecidos”, diz o paulista, que é também engenheiro formado.

 

André iniciou a carreira off-road justamente pelas motos. Em 1985, aos 26 anos, ele já começou a despontar como um atleta de destaque e foi vice-campeão do tradicional Enduro da Independência, feito que se repetiu outras duas vezes. No final do segundo milênio, o competidor optou por algumas mudanças. Arriscou-se nos carros, mas foi nos caminhões que se consolidou como um dos grandes nomes do país.

 

“Assim como os grandes enduros no Brasil e o próprio Dakar, o Piocerá tem um roteiro diferente, muda todo ano. É uma ótima oportunidade para eu encontrar muitos novos amigos, que no passado até torceram por mim nestes 25 anos de Dakar”, diz André, que se rende aos encantos do sertão nordestino, local onde o Piocerá é realizado. “Participar do Piocerá é um grande prazer. O pessoal da Radical Produções e o Ehrlich Cordão [organizador] fazem uma das melhores provas off-road nacional, passando por regiões lindíssimas e diferentes no nosso Nordeste. Sempre falo para meus amigos de São Paulo: ‘Se tiverem a oportunidade de participar do Piocerá/Cerapió, vá atrás! Vão ter muitas histórias e causos para contar. O pessoal é muito animado’”, garante.

 

O Rally Piocerá tem patrocínio da Caixa Econômica e Postos Ipiranga; co-patrocínio Honda, Houston, Governo do Estado do Piauí e Governo do Estado do Ceará; apoio da Prefeitura de Teresina, Michelin, Revista da Moto e Revista Speedway; colaboração do Teresina Shopping, Sebrae (PI), Prefeitura de Pedro II, Prefeitura de Crateús, Prefeitura de Quixadá, Prefeitura de Beberibe, Prefeitura de Poranga, Prefeitura de Independência, Polícia Rodoviária Federal, 25º BC e 40º BI - Exército Brasileiro; parceria das ações sociais com a Óptica Jockey, APAE, ADI Produções e Rallyteca; supervisão de FMP - FMC / CBM, FCA / CBA e FCP - FCC / CBC.

 

VIPCOMM

Assessoria de imprensa do Enduro/Rally Piocerá 2015

Sala de imprensa: www.vipcomm.com.br/cliente/piocera2015

Tel: (11) 3893-1010

Notícias mais recentes

22/01/2019
Trilhas rápidas, descidas e subidas travadas são destaques no primeiro dia das Motos no Rally Piocerá 2019
22/01/2019
Carros, Quadriciclos e UTvs enfrentam prova longa e técnica na abertura do Rally Piocerá 2019
22/01/2019
Pouca altimetria e tranquilidade marcam a primeira etapa das Bikes
21/01/2019
Disputas do Rally Piocerá 2019 começam nesta terça-feira (22/1)
20/01/2019
Programação desta segunda-feira (21/1) do Rally Piocerá 2019