Com a participação de pilotos de moto do Sudeste e do Nordeste, a equipe Off Rush pela primeira vez começa a se preparar para encarar mais de uma semana de compromissos, dentre eles quatro dias de competição, no maior rali de regularidade das Américas, o Cerapió, que acontece de 27 de janeiro a 1º de fevereiro, com largada em Fortaleza, passagem por municípios piauienses, terminando em Barreirinhas, no Maranhão.

A equipe terá como coordenador o ex-piloto de moto de São Paulo Juca Villela. E afirmou que a mesma será formada por uma média de 16 a 20 pilotos, boa parte de São Paulo, Espírito Santo e do Piauí, estado este que deve contar com 10 pilotos. Entre os cotados na equipe está o capixaba Jomar Grecco, do Espírito Santo, um dos melhores na atualidade na categoria máster e campeão do Enduro da Independência este ano, depois de quatro vezes vice-campeão. O piloto também venceu provas importantes nesta temporada, como o Rally Serramar, e está cotado para ser o campeão brasileiro de enduro de regularidade.

Juca Villela estará representando na Off Rush os modelos da Sherco, já que ele é o importador oficial da marca no Brasil. Em 2012, a Sherco venceu o Cerapió na máster com o catarinense Guilherme Cascaes. “Já corri o Cerapió – Piocerá três vezes, em 2005, em 2009 e 2010. Eu sou fã da prova, acho que o Cordão (diretor geral e idealizador) faz uma organização muito boa, uma prova segura, sem erro de planilha; a festa é muito grande, tem sempre atrativos turísticos, como uma praia bonita, como as de Parnaíba e Jericoacoara, por exemplo”, destacou.

Do Piauí, estão confirmados alguns competidores, como o sênior Lauro Lopes, que é médico, e tem se revelado em provas do campeonato piauiense, bem como outros desafios fora do Estado, e o máster Wesley Macedo, que vai brigar por troféus entre muitos fortes candidatos. “O Wesley não é apenas um bom piloto, mas um importante coordenador aí no Piauí, que tem unido os companheiros e representado bem a nossa marca”, destacou o chefe da equipe. A estrutura para a trupe, segundo Villela, será um caminhão para transporte das motos e equipamentos, duas picapes 4x4 e seis pessoas no apoio, entre chefe de equipe, mecânicos e motoristas. Sobre o Cerapió novamente valer pela abertura do campeonato brasileiro de enduro de regularidade da CBM, Villela informou que faz abrilhantar ainda mais a prova, tendo em vista que participam pessoas do Brasil inteiro e torna o rali mais competitivo. “É uma prova que mesmo que não seja Brasileiro vale a pena fazer, porque é uma grande agitação promocional, sempre com muitos participantes”, elogiou.  

O Rally Cerapió tem o apoio dos governos dos estados do Ceará e do Piauí e está com inscrições abertas para carro 4x4, UTVs, motos, quadriciclos e bike. Todas as informações, regulamentos, programação e notícias no site www.cerapio.com.br

 

 

Ass. Imprensa 
aldeiapi@uol.com.br 

Notícias mais recentes

14/11/2018
Presidente da CBM, Firmo Alves, confirma participação na Moto Turismo do Rally Piocerá 2019
02/11/2018
Cearense de Rally Team vem com 13 veículos para o Rally Piocerá 2019
26/10/2018
Prova de bikes do Rally Piocerá desafia atletas de diversas categorias
23/10/2018
Participantes de 21 estados mais o Distrito Federal já estão confirmados no Rally Piocerá 2019
10/10/2018
Começa o levantamento dos trechos do Rally Piocerá 2019