Os mineiros Fernando Antonio de Pádua Lage e Gustavo Schmidt ganharam de virada a 27ª edição do Rally Cerapió. A dupla conseguiu superar os vices José Augusto Sá Neto e Wellington Rezende Junior que até o terceiro dia liderava o ranking, mas acabaram não levando o primeiro lugar.

Fernando acredita que a determinação do piloto e a atenção do navegador os levaram ao pódio. “Não podemos desistir nunca. Começamos mal e viemos buscando e buscando. Quando pegamos o feeling do terreno conseguimos aumenta a pontuação e chegamos até aqui”, explicou o piloto campeão.

 

 Para o navegador, Gustavo Schmidt, a areia foi o que deu mais dificuldade a prova, mas segundo ele o penúltimo dia, no trecho de Viçosa  Parnaíba, foi decisivo para a vitória. “Eu sou do sul de Santa Catarina, nunca andei numa prova com tanta areia e como aqui é um terreno totalmente diferente com medidas totalmente diferentes acabamos atrasando nos primeiros dias. No penúltimo dia recuperei dando bastante chance pra gente e nosso concorrente quebrou o carro no último dia mas se a gente não tivesse andado bem mesmo com a quebra não ia ter jeito”, completou o campeão.

 

Na categoria Graduado o piloto Bruno Férrer Bezerra de Menezes, afirmou que o planejamento foi o principal para garantir sua vitória. Traçamos a nossa estratégia para economizar o carro quando não fosse um percurso do nosso perfil. Escolhemos o dia que estávamos mais adaptados e aceleramos para garantir nossa vitória”, contou o atleta.

 

Já na categoria Turismo os campeões Charles Nobre Rabelo e Renan Fernandes contaram que a expectativa estava boa e que o Cerapió surpreendeu. “Tinha uma expectativa muito boa em relação a prova e todo o evento, mas realmente fui surpreendido. A prova valeu muito a pena e espero estar aqui ano que vem”, garantiu o competidor.

UTV

O piloto Lucas Araújo Barroso deve seu troféu na categoria graduado a concentração do navegador  Anibal Vieira Feijó foi muito importante. “Devo tudo ao navegador e a Deus. Tudo ajuda, o preparo físico e psicológico ajudaram muito e foram essenciais. Já estamos pensando na próxima competição” contou o campeão.

 

A equipe vencedora na categoria novatos reforçou que a concentração e trabalho em equipe foram fundamentais. “Nossa equipe de apoio, navegador e todo mundo ajudou. Eu acho que o mais interessante é o trabalho em equipe e lembrar que acima de tudo o rally é um esporte uma brincadeira e é preciso ter respeito aos outros participantes”, concluiu o competidor.

Rayldo Pereira

Aldeiacom

Notícias mais recentes

02/11/2018
Cearense de Rally Team vem com 13 veículos para o Rally Piocerá 2019
26/10/2018
Prova de bikes do Rally Piocerá desafia atletas de diversas categorias
23/10/2018
Participantes de 21 estados mais o Distrito Federal já estão confirmados no Rally Piocerá 2019
10/10/2018
Começa o levantamento dos trechos do Rally Piocerá 2019
04/10/2018
Rally Piocerá tem novidades para edição de 2019