O casal do Rio de Janeiro Flavio Ozon Boghossian e Paula Marcia de Souza Breves Boghossian abandonou a prova para carros 4x4 no rally Cerapió, para fazer o parto de um jegue no meio da estrada. O fato ocorreu nesta quinta-feira(30) entre as cidades de Viçosa do Ceará e Parnaíba. Paula é veterinária e o marido contou que ao passarem pelo animal, imediatamente Paula pediu que ele parasse para socorrer.

 

 

“Estávamos no final do último deslocamento quando eu passei pelo jegue, achei que ele estava morto e ela disse para parar. Voltamos e vimos que ela estava parindo, coloquei o carro atrás para ninguém atropelar e ajudei ela a fazer o parto. Foi complicado e acabamos perdendo uma hora por conta disso”, contou Flávio.

 

Segundo Flavio, o procedimento foi difícil pois o filhote já estava morto e não tinha forças para sair. Somente com a ajuda de luvas mecânicas foi possível fazer a retirada.

 

 

O casal chegou a dar um suco e maçãs que traziam no carro para o animal, que após ser alimentado saiu andando pela estrada. Mesmo perdendo posições por conta do atraso, Flavio ainda comemorou e apoiou a atitude da esposa.  “Deu um trabalho danado, mas minha mulher é veterinária ela tinha que parar, se não tirássemos o filhote que estava morto de dentro dela, ela morreria, o resultado é o de menos, o importante é que a salvamos”, completou o piloto.

 

 

O dono do animal ficou surpreso com sua recuperação e contou ao casal que já tinha dado o animal como morto. A foto do parto realizado na estrada foi publicada no Facebook e teve centenas de compartilhamentos dos internautas que acompanham o Cerapió.

 

Rayldo Pereira

Aldeiacom 

 

Notícias mais recentes

10/05/2019
Rally Cerapió 2020 abre inscrições nesta sexta-feira (10/5)
31/01/2019
Rally Piocerá 2019 - Mais uma edição de sucesso!
30/01/2019
Ações sociais marcam também Rally Piocerá 2019
26/01/2019
Carros, Quadriciclos e UTVs têm campeões determinados e cautelosos no Rally Piocerá 2019
26/01/2019
Campeões das Motos no Rally Piocerá 2019 são definidos após disputas ponto a ponto