O primeiro dia de rally de bike foi uma verdadeira prova de resistência para os atletas. Foram 114 Km de estrada sob um sol causticante e que deixou a prova ainda mais difícil. Mesmo com a longa distância, houve apenas duas desistências. No primeiro dia a largada saiu da cidade de Caucaia, da praia do Cumbuco no Ceraá e encerrou em Trairi, cidade cearense. Os competidores fizeram uma prova dura, mas se encantaram com as belas paisagens proporcionadas pelas praias cearenses.

 

O diretor do rally de bike, Zenardo Maia, avaliou o primeiro dia como difícil, com sol intenso, muito vento com corrente e grande quilometragem. “Apesar disso, apenas dois atletas não completaram a prova, o que mostra o preparo deles”, disse. O primeiro colocado na categoria Sub 40 e menor tempo do primeiro dia, Gilberto de Sousa Silva, disse que teve muita sorte para conseguir a primeira colocação. “No final da etapa, com 110 Km rodados, peguei um contravento na praia e tive muita dificuldade de terminar. Mas deu tudo certo. Todos os outros atletas tiveram esta dificuldade”, afirma.

Na segunda colocação, Elionai Costa de Sousa, categoria Sub 23 de Fortaleza, ficou com o segundo melhor tempo da etapa e para ele foi um marco, já que é a terceira edição que participa dp rally e nas outras participações ficava em oitavo lugar. “Fiquei muito feliz porque tenho apenas 21 anos e estou conseguindo acompanhar o ritmo de atletas mais experientes”.

Lindomar Ferreira ficou na terceira colocação da sua categoria, a Sub 40. Ele disse que a prova foi dura, mas que conseguiu uma boa colocação. “Para a segunda etapa espero recuperar o meu tempo e tentar as primeiras colocações”. No início da prova, os atletas tiveram um trecho de praia, passando para terreno arenoso, fofo e com muito vento. Depois, enfrentaram o cascalho e estradão sem muitas elevações, onde tiveram tempo de conseguir boa velocidade.

Eles contemplaram as belas paisagens das praias cearenses e se maravilharam com a beleza da usina eólica. Nos povoados, as pessoas se encantavam com o esforço dos atletas e as novidades de um rally. No segundo dia e prova, os atletas saem da cidade de Tianguá, na Serra da Ibiapaba, no Ceará, a mais de 770 metros de altitude em direção a Viçosa, em estradas de terra sinuosas.

Cintia Lucas

Aldeia Com.

 

 

Notícias mais recentes

22/01/2019
Trilhas rápidas, descidas e subidas travadas são destaques no primeiro dia das Motos no Rally Piocerá 2019
22/01/2019
Carros, Quadriciclos e UTvs enfrentam prova longa e técnica na abertura do Rally Piocerá 2019
22/01/2019
Pouca altimetria e tranquilidade marcam a primeira etapa das Bikes
21/01/2019
Disputas do Rally Piocerá 2019 começam nesta terça-feira (22/1)
20/01/2019
Programação desta segunda-feira (21/1) do Rally Piocerá 2019